terça-feira, 9 de novembro de 2010

Ela voltou diferente.

Um dia ela voltou pra casa e sorriu com um sorriso diferente
Não me abraçou, nem me beijou,
Disse: -Como vai? - simplesmente

Ah, eu notei no seu rosto uma tristeza sem fim
Quando ela chegou mais perto de mim
Foi direto pro seu quarto e dormiu como se eu nem existisse
Beijei seu rosto um tanto sem graça e mesmo assim ela nada disse

Ah, eu pensei: -ela deve estar zangada comigo,
mas eu não fiz nada errado por isso eu não ligo!
Naquela noite fria não consegui dormir
Fiquei pensando no que fazer

Ela voltou pra casa um tanto diferente e a razão eu queria saber
No dia seguinte quando ela acordou me chamou pra conversar
Falou de coisas da nossa vida e de repente começou a chorar

Ah, ela disse que fez qualquer coisa de errado
E agora sentia vergonha de viver ao meu lado
Eu abracei seu corpo e lhe falei sorrindo:
-A gente esquece o que passou.
Mas ela foi embora e nunca mais voltou e foi assim que tudo acabou.

Odair José


Links pra baixar duas versões desta música: a versão original com o Odair José e outra versão da Mombojó, que foi gravada para um dvd em tributo ao Odair José.

Odair José - Ela voltou diferente
Mombojó - Ela voltou diferente

5 comentários:

  1. odair e a maioria dos bregas me matam.

    ResponderExcluir
  2. Conheço gente que abomina coisas a la Odair José, critica até não poder mais, mas ama a "Ela Voltou Diferente do Mombojó". Isso até me lembra a "Você não me ensinou a te esquecer". Cantada pelo Fernando Mendes era pra lá de megabrega, mas na voz do Sr. Caetano Veloso virou "coisa fina". o.O

    ResponderExcluir
  3. selo do .palavras.insólitas. para vc:

    http://palavrasinsolitas.blogspot.com/2010/12/selo.html

    ResponderExcluir
  4. Muito show essa música! Não conhecia

    ResponderExcluir
  5. Oi adorei o seu texto, passe lá no meu blog de textos, beijos e até mais.

    ResponderExcluir

Deixe que digam, que pensem, que falem...